5 Razões que podem reprovar seu crédito no mercado

Toda solicitação de crédito para empréstimos e financiamentos percorre um caminho burocrático no qual vários fatores são levados em consideração. Aqui, listamos alguns dos principais motivos que atrapalham clientes de conseguirem aprovação nas instituições financeiras.

Dados pessoais nas instituições de proteção de crédito divergentes

Há pessoas que têm o nome inserido em restrições indevidamente, seja por erros de cadastro ou no caso de homônimos. O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) disponibiliza consulta online dos dados cadastrais. Em Brasília, o atendimento físico é feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-DF), em loja localizada no Shopping Venâncio (horário comercial).

Falta de comprovação de renda

Tão importante quanto ter uma fonte de renda é comprová-la à instituição financeira de crédito. Além do contracheque, outros documentos podem atestar proventos, como extratos bancários, faturas de cartão de crédito e declarações de Imposto de Renda (IR). Esses dados podem ser apresentados como comprovantes, principalmente, se houver outras fontes de renda, pois atestam toda a movimentação financeira.

É importante salientar que o Banco Central preconiza disponibilidade de crédito que comprometa até 30% da renda do requerente, portanto, financiamentos e empréstimos prévios precisam ser considerados como parte comprometida dos rendimentos.

Score de crédito baixo

Dívidas e pagamentos em atraso denotam um perfil de risco para as instituições financeiras, o que conta negativamente na pontuação do score de crédito.

O score de crédito usa uma escala de zero a mil para avaliar o perfil de adimplência e prever sua capacidade de quitação de débitos no período de um ano. Veja como:

● Acima de 700 pontos: baixo risco de inadimplência;
● Entre 300 e 700 pontos: médio risco de inadimplência;
● Abaixo de 300 pontos: alto risco de inadimplência.

Vários fatores contam positivamente para formar o score, como pagar contas em dia, ter um bom histórico de quitação de dívidas, manter os dados cadastrais sempre atualizados, entre outros.

Baixa movimentação em instituições financeiras

As financeiras gostam de saber com quem estão lidando. Manter um bom relacionamento com essas instituições é crucial. Frequência e constância na movimentação de serviços, tais como tempo de conta bancária e uso mensal do cartão de crédito, demonstram hábitos responsáveis.

Excesso de passagem por tentativa de crédito

É de praxe a consulta de CPF ou CNPJ junto ao SPC e Serasa (Centralização de Serviços dos Bancos) por parte de lojistas para realização de orçamentos e cadastros, mas quando feita em excesso, prejudica o consumidor mesmo que não haja dívidas em seu nome. Assim, para facilitar a concessão de crédito, o requerente pode buscar pessoalmente os órgãos para excluir essas pesquisas do sistema.

São tantas variáveis levadas em conta na análise de crédito que pode ser um pouco difícil prever como cada pessoa é avaliada sem um estudo mais aprofundado. A Consult Score realiza diagnóstico de perfil de crédito para determinar os pontos fortes de cada cliente e quais podem ser melhorados. Clique aqui e faça sua avaliação!

2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *